sábado, 18 de julho de 2009

Gomenasai




Gomenasai


O que eu pensei que não era meu
Na luz, era único
Uma pérola preciosa
Quando eu quis chorar
Eu não pude, porque
Não me foi permitido
Desculpe-me por tudo
Desculpe-me, sei que eu te decepcionei
Desculpe-me até o fim
Eu nunca precisei de um amigo
Como preciso agora


O que eu pensei que não era tudo
Tão inocente
Era uma boneca delicada,
De porcelana
Quando eu quis ligar pra você
E pedir ajuda
Eu me parei
O que eu pensei que era um sonho,
Uma miragem
Era tão real quanto parecia
Um privilégio


Quando eu te quis contar que
Cometi um erro,
Eu fui embora
Desculpe-me por tudo
Desculpe-me, desculpe-me
Desculpe-me,
Eu nunca precisei de um amigo
Como eu preciso agora
Desculpe-me, eu te decepcionei
Desculpe-me, desculpe-me
Desculpe-me até o fim
Eu nunca precisei de um amigo
Como preciso agora.

... Ta tudo desabando,

tudo se perdendo

Insanidade ta chegando, ela ta vencendo

Eu não quero dor, eu só queria amar

Mas agora eu não consigo me lembrar

O que realmente é o amor...

Se há algo de importante, se isso tem valor

Se vale a pena se expor e correr o risco

Se há sentido nesse sacrifício....

Dor...

Eu não quero dor, eu só queria amar Mas agora eu não consigo me lembrar O que realmente é o amor... Se há algo de importante, se isso tem valor Se vale a pena se expor e correr o risco Se há sentido nesse sacrifício