sábado, 18 de julho de 2009

Gomenasai




Gomenasai


O que eu pensei que não era meu
Na luz, era único
Uma pérola preciosa
Quando eu quis chorar
Eu não pude, porque
Não me foi permitido
Desculpe-me por tudo
Desculpe-me, sei que eu te decepcionei
Desculpe-me até o fim
Eu nunca precisei de um amigo
Como preciso agora


O que eu pensei que não era tudo
Tão inocente
Era uma boneca delicada,
De porcelana
Quando eu quis ligar pra você
E pedir ajuda
Eu me parei
O que eu pensei que era um sonho,
Uma miragem
Era tão real quanto parecia
Um privilégio


Quando eu te quis contar que
Cometi um erro,
Eu fui embora
Desculpe-me por tudo
Desculpe-me, desculpe-me
Desculpe-me,
Eu nunca precisei de um amigo
Como eu preciso agora
Desculpe-me, eu te decepcionei
Desculpe-me, desculpe-me
Desculpe-me até o fim
Eu nunca precisei de um amigo
Como preciso agora.

Nenhum comentário: