domingo, 13 de setembro de 2009

Sintomas h1n1 e Medidas Preventivas

Ultimamente muito se tem falado na Gripe A ou h1n1, e penso que todo cuidado é pouco, embora as autoridades digam que não há motivo para alarmismo, a questão não é alarmar-se e sim prevenir; afinal como diriam os antigos é ‘Melhor prevenir , do que remediar’. Para tanto é importante estar bem informado acerca das formas de contágio, sintomas, medidas de prevenção, e procedimento no caso de sentir-se mal disposto, ou observar que o seu filho ou filha está com sintomas da gripe. Com a saúde não se brinca! Por isso esteja atento aos itens abaixo citados num artigo elucidatório do Ministério da Saúde Portugal (Departamento de Saúde Pública): Quais os Sintomas da gripe h1n1 ou gripe A? Os sintomas são semelhantes aos da gripe sazonal: -Febre de início súbito (superior a 38ºC) - Tosse - Dores de garganta - Dores musculares - Dores de cabeça - Arrepios de frio - Cansaço - Diarreia ou vómitos;embora não sendo típicos da Gripe sazonal,têm sido verificados em alguns dos casos recentes de infecção pelo novo vírus da Gripe A(H1N1). Modo de Contágio do vírus h1n1: - Pessoa-a-pessoa através de gotículas quando tosse ou espirra - Através do contacto com os olhos, nariz ou boca, de mãos que contactaram com objectos ou superfícies contaminadas com gotículas de uma pessoa infectada. Atenção: O vírus permanece activo nas superfícies 2 a 8h. - Cuidado com as maçanetas das portas, teclados de computador, ratos, etc. - O vírus não se transmite através da água para consumo humano, águas de piscinas ou parques aquáticos. - O vírus não se transmite através de alimentos. O que facilita o Contágio do vírus h1n1? - Deficiente higiene das Mãos - Contacto com objectos ou materiais contaminados (o vírus permanece activo 2 a 8h nas superfícies) - Permanência em ambientes fechados e pouco arejados - Proximidade entre pessoas (distância inferior a 1 metro) - Cumprimentos pessoais Período de Contágio do vírus h1n1: - 1 dia antes de iniciar os sintomas, - até 7 dias depois do início dos sintomas Medidas de Protecção contra a Gripe A | Vírus h1n1: - Se ficar doente, permaneça em casa! - Se estiver com sintomas de gripe, fique em casa e contacte a Linha Saúde 24, pelo número 808 24 24 24. - Se tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com um lenço de papel! - Cubra a boca e o nariz com um lenço de papel ou com o antebraço, mas nunca com a mão! - De imediato, deposite no lixo o lenço utilizado. - Lave as mãos frequentemente com água e sabão! Em alternativa, pode usar toalhetes à base de álcool. - Evite contactos desnecessários com pessoas com gripe! - Evite o contacto das mãos com os olhos, nariz e boca! - Limpe frequentemente as superfícies ou objectos mais sujeitos a contacto, com os produtos de limpeza habituais! - Evite frequentar espaços públicos fechados e pouco arejados. - Estas medidas são também muito importantes nas crianças! Como lavar as mãos? - Lave as mãos frequentemente com água e sabão! - A lavagem correcta das mãos deve durar mais de 20 segundos - Pode também utilizar gel desinfectante vendidos em farmacias para higienizar as maos, caso não tenha possibilidade de as lavar com a devida frequencia. Regresso de uma Zona Afectada: Se durante os 7 dias seguintes ao regresso tiver: - Febre de início súbito (>38ºC) e um dos seguintes sintomas: - Sintomas respiratórios como tosse ou nariz entupido - Dor de garganta - Dores corporais ou musculares - Dor de cabeça - Fadiga - Vómitos ou diarreia * Procure imediatamente atendimento médico. Não facilitar se pensa que tem gripe: - Permaneça em casa, ou no seu quarto de Hotel (caso se encontre em viagem); - Não vá viajar, nem vá para o trabalho ou escola; - Evite o contacto íntimo/directo com outras pessoas durante 7 dias após o início dos sintomas. * A JohnsonDiversey tem um site no qual disponibiliza informações importantes sobre o vírus H1N1. Neste espaço encontra-se : medidas preventivas da doença, formas de contágio, como actuar em caso surto, etc. O site disponibiliza também uma área específica para profissionais dos sectores de hotelaria, restauração e retalho, “onde os riscos de contaminação são mais elevados e onde se exigem cuidados especiais de higiene”. Visite: Johnson Diversey – Gripe A

Nenhum comentário: