quinta-feira, 16 de julho de 2009

Acreditar nas pessoas ou não?

É difícil mas acho que começo a deixar de acreditar nas pessoas, decepção atrás de decepção, palavras mal interpretadas e situações mal resolvidas, problemas e problemas, nem sei como chego a ter esta conclusão talvez por estar cansado de ver tantos mal entendidos e acabei chegando a pensar assim, complicado e difícil seria mais válido ser amigo dos outros do que eles seus amigos? A confiança pode trazer grandes alegrias ou arrependimentos, o que você pensaria de um amigo que diz coisas que te fazem repensar se ainda podem se chamar de amigos? Acho que as piores palavras que podem machucar saem da boca de um pai e de uma mãe primeiro e depois dos amigos, entre pais e filhos acontece a questão de resolver e a questão do perdão entra em cena, mas com um amigo ao mesmo tempo em que é mais fácil de se resolver, também é difícil, estou sendo equivocado em deixar de acreditar nas pessoas? Se já é difícil acreditar no amor, na amizade que não devia ser assim, acaba sendo, é um erro? Estou me precipitando? É um dilema, acho que tirando deus os únicos seres na face dessa terra que não nos decepcionam são os animais, porque o carinho e amizade de um cão ou de outro animal é imensamente inacabável, só acaba quando ele morre e leva consigo as lembranças de uma vida feliz ao lado de seu dono.

Nenhum comentário: